Trabalhadoras e trabalhadores brasileiros se preparam para mais um momento histórico de luta em defesa de seus direitos, da democracia e contra as reformas trabalhista e da Previdência. Em Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 22 de junho, na sede do Sindicato, bancárias e bancários da base de Belo Horizonte e região decidiram, por unanimidade, pela adesão da categoria à Greve Geral do dia 30 de junho.

A mobilização contará com a participação de inúmeras categorias de trabalhadores em todo o Brasil. Em Belo Horizonte, a concentração será realizada na Praça da Estação a partir das 9h. Diante do difícil momento vivido no país e dos ataques aos direitos dos brasileiros, a população se organiza para impedir a aprovação das reformas trabalhista e da Previdência, assim como combater todos os retrocessos impostos pelo governo Temer.

É essencial destacar que as conquistas dos trabalhadores brasileiros nunca vieram da boa vontade dos patrões. Da mesma forma, se dependesse do governo FHC na década de 1990, hoje em dia não existiriam importantes bancos públicos como a CAIXA e o Banco do Brasil, além de inúmeras outras empresas estatais fundamentais para o desenvolvimento do país.

“Só a luta dos trabalhadores pode barrar o desmonte da legislação trabalhista, da nossa Previdência e das estatais brasileiras. Temos que nos mobilizar agora para garantir nosso presente e nosso futuro. A participação de todos é muito importante”, ressaltou a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil.

Faça parte desta luta!

Participe!

Por nenhum direito a menos!

Compartilhe: