O Senado está promovendo, em sua página da internet, uma votação popular para saber a opinião da população sobre o projeto de lei das terceirizações, que foi aprovado na Câmara como PL 4.330 e agora tramita no Senado como PLC 30/2015.

O Sindicato convida todos a acessarem a enquete, clicando aqui, e a votarem CONTRA o projeto. É essencial que a população se posicione e deixe claro que este é um ataque aos direitos dos trabalhadores brasileiros, que pode precarizar as relações de trabalho ao permitir a terceirização em todas as atividades das empresas.

Até o início da noite desta terça-feira, 12 de maio, mais de 50 mil pessoas já tinham opinado, sendo que, destas, 43 mil votaram na opção “Contra”. O número evidencia que a sociedade está atenta e que não aceita este retrocesso que o Congresso mais conservador das últimas décadas tenta promover.

O PL 4330 foi aprovado pela Câmara dos Deputados no dia 22 de abril e, agora, aguarda votação no Senado.

Dados do Dieese mostram que no Brasil os terceirizados ganham em média 25% menos, trabalham três horas a mais por semana e permanecem três anos a menos no emprego. A cada dez acidentes de trabalho, oito ocorrem com terceirizados.

No setor financeiro, que abusa da prática, é ainda pior: os terceirizados ganham cerca de 70% menos do que os bancários, com muito menos direitos.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Seeb-SP

Compartilhe: