Os empregados da CAIXA de BH e Região comemoraram o aniversário de 159 anos do banco, festejado no dia 12 de janeiro, nesta segunda-feira (13), com um ato em frente à agência Santo Agostinho. A agência fica na avenida Álvares Cabral, 1700, na capital mineira e o evento integrou o Dia Nacional de Luta realizado em todo o país.  O mote difundido nas redes sociais é #ACAIXAÉTodaSua.

A campanha, que foi lançada por todo o Brasil em 2019, visa divulgar a importância do banco público para toda a população e lutar contra a venda de áreas estratégias da instituição. “É por meio de setores, como as loterias, os seguros e os cartões, que a CAIXA financia o sonho da casa própria, do acesso à faculdade com o Fies e do crédito mais barato. É por intermédio delas também que saem os recursos para o Minha Casa Minha Vida, o maior programa habitacional do Brasil. Além disso, parte do dinheiro arrecadado com as loterias é aplicado no esporte, na cultura e na segurança nacional. Com a venda dessas áreas e a retirada do FGTS, o Brasil todo perde. Mas a população de baixa renda é a que será mais prejudicada com o fim do seu acesso ao sistema financeiro, ao crédito, à poupança e a outros serviços”, explicou Dionísio Reis, coordenador da Comissão Executiva dos Empregados (CEE) da Caixa.

“Com 159 anos de história, a CAIXA participa da vida dos brasileiros atuando como principal agente das políticas públicas, levando desenvolvimento a todas as regiões do país. Porém, o atual governo trabalha a passos largos para entregar este patrimônio ao mercado financeiro. Mesmo com toda essa importância, a CAIXA tem sido alvo de ameaças e, nos últimos anos, sofre um processo de sucateamento por meio da redução do número de empregados. O banco perdeu mais de 17 mil empregados desde 2014, passando de 101 mil trabalhadores para os atuais 83 mil devido a planos de aposentadoria incentivada promovidos nos últimos dois governos. Daí a importância da nossa organização e da nossa mobilização para lutar contra este processo de desmonte, que ameaça o próprio futuro do Brasil”, destaca Eliana Brasil, presidenta do Sindicato.

Veja mais fotos do ato:

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: