Após mais uma vitória do Sindicato na Justiça, os ex-empregados do Bemge que receberam a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) das Convenções Coletivas de Trabalho nos anos de 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005 poderão ter diferenças a receber. Há quase 10 anos, o Sindicato luta pela materialização deste direito dos ex-bemgeários.

Recentemente, 241 bancários receberam estes valores no processo movido pela entidade, restando apurar os créditos daqueles que ainda não tiveram a PLR integralmente quitada.

Diante das dificuldades inerentes a um processo que pode beneficiar mais de 2.300 trabalhadores lotados na extensa base territorial do Sindicato, a Justiça do Trabalho determinou, no último dia 27 de março de 2015, que a execução fosse desmembrada em grupos de 10 bancários.

Por conta disso, o Sindicato já iniciou os trabalhos de apuração destes créditos com base nos elementos que constam de um processo que já tem mais de 5.000 páginas e cerca de 13.000 documentos digitalizados. A grande dificuldade encontrada, até o momento, é justamente a falta de documentos que permitam uma apuração precisa do valor devido a cada trabalhador. Por isso, o Sindicato tem diligenciado junto ao banco e requerido à Justiça que exija a exibição dos contracheques dos ex-bemgeários.

Têm direito às diferenças bancárias e bancários sindicalizados contratados pelo Bemge que tenham recebido PLR e gratificação semestral sem incorporação em pelo menos um dos seguintes anos: 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005. O bancário também não deve ter feito acordo judicial com o Itaú conferindo quitação geral e extinção do contrato de trabalho.

Como se trata de processo lento e burocrático, o Sindicato orienta aqueles que tiverem interesse em acelerar a identificação dos seus créditos, que apresentem, no Departamento Jurídico da sede da entidade, até o dia 29 de maio de 2015, os seguintes documentos – que podem ser entregues em cópias simples (não é preciso autenticar em cartório):

1) Cédula de identidade;
2) CPF;
3) CTPS – Carteira de Trabalho (páginas do número, qualificação civil e contrato de trabalho com o Bemge);
4) Contracheques dos meses em que houve recebimento da PLR (antecipação e principal) e da gratificação semestral: novembro e dezembro de 2000; fevereiro, junho, novembro e dezembro de 2001; fevereiro, junho, setembro e dezembro de 2002; fevereiro, junho, outubro e dezembro de 2003; fevereiro, junho, novembro e dezembro de 2004; fevereiro, junho, outubro e dezembro de 2005; e fevereiro de 2006. Quem não possuir estes documentos deve solicitar a segunda via por escrito junto ao Itaú;
5) TRCT – Termos de Rescisão do Contrato de Trabalho, se houver.

Em caso de dúvidas, os bancários podem entrar em contato com o Departamento Jurídico do Sindicato ligando para (31) 3279-7800.

Compartilhe: