Em nova edição do Fala Presidente, o presidente do Sindicato, Ramon Peres, critica a reestruturação no Banco do Brasil, que prejudica funcionários, acelera o desmonte do banco e defende os direitos de funcionárias e funcionários.

O plano prevê mudanças em 870 pontos de atendimento por meio do fechamento de agências, postos de atendimento e escritórios e a conversão de 243 agências em postos. Também estão previstas a transformação de oito postos de atendimento em agências, de 145 unidades de negócios em Lojas BB, além da realocação de 85 unidades de negócios.

O Sindicato é contrário a esse plano, que retira do BB o papel de banco público e prejudica os caixas executivos, que terão sérias perdas.  Por isso, está estudado medidas judiciais e orientando os bancários para que procurem seus sindicatos para mais informações. O anúncio do plano provocou muita preocupação entre os funcionários.

O Sindicato e os bancários não vão aceitar essas medidas e irão resistir bravamente na luta em defesa dos trabalhadores e para que o banco continue cumprindo o seu papel de importante instrumento de fomento, fundamental para o desenvolvimento do Brasil.

Assista ao vídeo da nova edição do Fala Presidente:

Compartilhe: