Em sintonia com as cobranças da categoria para garantir a segurança de bancários e clientes durante a pandemia do coronavírus, a prefeitura de Contagem, município da base do Sindicato, decretou medidas mais rígidas para o atendimento bancário. O Decreto nº 1.568, do dia 7 de abriu, estabeleceu novas regras para o enfrentamento à Covid-19.

Entre as determinações estão a necessidade de distância de 2 metros entre pessoas nas filas, a distribuição de máscaras e a disponibilização de álcool gel. Em caso de descumprimento, essas instituições ficam sujeitas a multas de até R$ 30 mil (Art. 5º). A exigência da máscara passa a valer na próxima segunda-feira, 13.

Dentre outras disposições, o Decreto nº 1.568 também determina que, para funcionar, as instituições bancárias e casas lotéricas deverão, de acordo com o Art. 1º, §7º, proibir aglomerações nas áreas internas e externas e, além das máscaras, oferecer álcool 70% para higiene das mãos de todos os funcionários e clientes.

O Sindicato destaca que medidas de combate à pandemia estão sendo cobradas diariamente dos bancos em todo o Brasil. O Comando Nacional dos Bancários acompanha a situação nas unidades de trabalho para exigir ações que protejam a saúde de bancários e clientes, assim como apura denúncias de descumprimento das medidas acordadas.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Prefeitura de Contagem

 

Compartilhe: