A Comissão Executiva dos Empregados da CAIXA (CEE/Caixa) cobrou do banco, nesta quinta-feira, 2 de abril, o agendamento de uma reunião para discutir demandas dos trabalhadores em relação à pandemia do coronavírus. A categoria cobra mais medidas de proteção à saúde de empregados, clientes e usuários dos serviços da CAIXA.

Desde o início da pandemia, a CEE/Caixa vem se reunindo por videoconferência, duas vezes por semana, para discutir as demandas dos empregados de todo o Brasil. Apesar de vários avanços até agora, os trabalhadores cobram mais medidas efetivas.

Diante de denúncias de grandes filas e aglomerações, inclusive com muitas pessoas do grupo de risco para a Covid-19, os trabalhadores cobram apoio do banco para cobrar as autoridades municipais e estaduais na realização de contingenciamento apropriado.

Além disso, visando diminuir a quantidade de pessoas que vão às agências, as entidades representativas dos empregados cobram que a CAIXA reforce a importância do agendamento prévio para atendimento e também faça campanhas que instruam os clientes para a utilização dos serviços digitais do banco.

Os representantes dos empregados reivindicam ainda que a CAIXA suspenda os processos seletivos internos e interrompa os prazos processuais dos processos disciplinares e de apuração ética até a normalização das atividades.

Outras demandas são a suspensão da reestruturação em curso no banco e a cobrança do Saúde Caixa para todos, reivindicando que o banco inclua os novos trabalhadores, em sua maioria PCDs.

Conquistas

A luta dos empregados e da CEE/Caixa já assegurou várias medidas do banco para combater a pandemia do coronavírus. Entre elas, a adoção do trabalho remoto para cerca de 70% dos empregados das agências, atendimento presencial apenas para serviços essenciais, agendamento do atendimento e mudança no horário de funcionamento das unidades.

Além disso, a pressão dos trabalhadores assegurou a suspensão das cobranças de metas como, por exemplo, Dia D, desafio do dia e planilha de produtividade.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT e Fenae

 

Compartilhe: