Teve início nesta sexta-feira, 12 de junho, o 31º Congresso Nacional dos Empregados da CAIXA (Conecef), que reúne cerca de 400 delegados de todo o país, entre empregados da ativa e aposentados, além de observadores. O estado de Minas Gerais é representado no evento por delegadas e delegados eleitos no Encontro Estadual dos Empregados da CAIXA, realizado no dia 30 de maio em Belo Horizonte.

O Conecef ocorre no Hotel Holiday Inn, em São Paulo, até o domingo, 14 de junho. Dessa vez, o mote é “Unidade para conquistar”.

Os temas principais a ser discutidos são conjuntura, organização do movimento, Caixa 100% pública, saúde do trabalhador, condições de trabalho, condições de funcionamento das agências, Saúde Caixa, Funcef, aposentados, segurança bancária, jornada, Sistema de Ponto Eletrônico (Sipon), isonomia, carreira, terceirização, contratação de mais empregados e programa Gestão de Desempenho de Pessoas (GDP).

O calendário estabelecido prevê a distribuição dos delegados em cinco grupos de trabalho: Grupo 1 (saúde do trabalhador, condições de trabalho e Saúde Caixa), Grupo 2 (Funcef, aposentados e Prevhab), Grupo 3 (segurança bancária, infraestrutura das unidades e terceirização), Grupo 4 (Caixa 100% pública, contratação, Sipon e jornada) e Grupo 5 (isonomia, carreira e GDP). Já o tema “organização do movimento” será comum a todos os grupos.

No domingo, dia 14 de junho, a plenária final discutirá e votará os relatórios aprovados nos diversos grupos de trabalho. Os trabalhos do 31º Conecef serão conduzidos pela Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa).

“Vamos debater as propostas elaboradas em todo o país para construir, com democracia e unidade, nossa pauta de reivindicações específicas para a Campanha Nacional 2015. Com o aprofundamento das discussões durante o Conecef, daremos mais um passo na construção da campanha e fortaleceremos nossa luta por melhores condições de trabalho para todos os empregados e empregadas da Caixa”, destacou a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil.

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA – DIA 12 DE JUNHO

9h30 – Debate sobre análise de conjuntura, com o jornalista econômico Luiz Nassif. Nessa mesa, haverá a participação de Fernando Neiva e de Maria Rita Serrano, representantes dos empregados no Conselho de Administração da Caixa.

11h30 – Apresentação e defesa das teses. Foram escritas cinco: ARTBAN (Articulação Bancária da Caixa), CSD (CUT Socialista e Democrática), CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Intersindical Bancária – Autonomia e Luta e MNOB/Conlutas (Movimento Nacional de Oposição Bancária).

13h – Almoço.

14h30 – Debate sobre a Funcef com Maurício Marcellini Pereira (diretor de Investimentos da Fundação), Antônio Luiz Fermino (conselheiro deliberativo eleito e delegado ao 31º Conecef) e Felipe Freire de Miranda (técnico do Dieese – subseção Fenae). Os temas dessa mesa serão os investimentos que mais impactaram negativamente no resultado do fundo de pensão dos empregados da Caixa, assim como as medidas para reverter essa situação e o plano de equacionamento.

17h30 – Regimento interno.

18h30 – Ato de abertura formal.

21h – Jantar.

SÁBADO – DIA 13 DE JUNHO

9h – Instalação e início dos trabalhos dos grupos.

Grupo 1: Saúde do trabalhador / condições de trabalho / Saúde Caixa. Grupo 2: Funcef / aposentados / Prevhab. Grupo 3: Segurança bancária / infraestrutura das unidades / terceirização. Grupo 4: Caixa 100% pública / contratação / Sipon / jornada.Grupo 5: Isonomia / carreira / GDP. O item da “Organização do Movimento” será debatido em todos os grupos.

12h30 – Almoço.

14h – Retomada dos trabalhos.

16h30 – Plenária geral: apresentação dos relatórios dos grupos.

19h – Jantar.

DOMINGO – DIA 14 DE JUNHO

9h – Plenária geral: debate sobre organização do movimento.

13h – Encerramento – almoço.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT e Fenae

Compartilhe: