Foto: Leopoldo Rezende

O ex-presidente do Sindicato por três gestões (1999/2008) e atual diretor Jurídico da entidade, Fernando Neiva, recebe nesta sexta-feira, 13, às 19h, na Câmara Municipal de Belo Horizonte, o título de cidadão honorário belo-horizontino. Nascido na cidade de Oeiras, no Piauí, Fernando Neiva, a exemplo de vários nordestinos que migraram para o sul em busca de uma vida melhor, desembarcou em Belo Horizonte em fevereiro de 1978.

Desde jovem, esteve engajado na luta em favor de um Brasil melhor. Como dirigente sindical, participou ativamente de várias manifestações populares, como a campanha “Diretas Já”, em 1984, pela volta da democracia no Brasil. Na década de 1980, devido a sua participação na greve dos bancários, foi demitido do Banco Mercantil de São Paulo. Em 1989, ingressou na Caixa Econômica Federal através de concurso, participando ativamente de todos os movimentos de reivindicação dos trabalhadores e trabalhadoras da Caixa. Em 1996, foi eleito diretor do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região e, em 1999, assumiu pela primeira vez a presidência da entidade, tendo sido reeleito em 2002 e 2005 e permanecendo no comando do Sindicato até 2008.

À frente do Sindicato, comandou várias lutas em defesa dos direitos dos trabalhadores mineiros e brasileiros, participando de manifestações populares, como a defesa do Código do Consumidor, aprovação do Estatuto do Idoso, contra a corrupção e o apagão e contra o desmonte das leis trabalhistas. Organizou um dos primeiros Comitês Sindicais do Fome Zero do país e integrou o movimento de luta contra a privatização da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. Junto com o vereador André Quintão, implantou a Lei de 15 minutos em Belo Horizonte, que estabelece limite máximo para espera nas filas dos bancos. Articulou com o movimento sindical de todo o país, lideranças partidárias, comunitárias e de aposentados, fortalecendo o Sindicato e inserindo-o no debate político nacional. Pelo reconhecimento por todo esse trabalho foi agraciado pela Câmara Municipal de Belo Horizonte com a Medalha de Honra ao Mérito pelos serviços prestados à cidade.

Além da participação no movimento sindical, Fernando Neiva foi diretor da Federação Nacional das Associações da Caixa Econômica Federal (Fenae), presidente do Conselho Fiscal da Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcef-MG), membro da equipe de transição do Governo Lula nas discussões sobre os bancos públicos em 2002, Secretário Sindical Municipal do PT (2000-2002), suplente vereador pelo PT em 2004 (3225 votos), suplente deputado federal pelo PT em 2006 (10905 votos) e 2010 (13995 votos), secretário sindical estadual do PT-MG (2008-2012), membro da Direção Nacional da CUT e do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) Municipal em 2012.

Atualmente, é diretor do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região e integra o Diretório Estadual do PT-MG, no cargo de Secretário Sindical. O título de Cidadania Honorária de Belo Horizonte concedido pela Câmara Municipal da capital mineira por indicação do vereador Juninho Paim é o reconhecimento por todo esse trabalho.

Compartilhe: