A federação dos bancos (Fenaban) apresentou ao Comando Nacional dos Bancários, nesta sexta-feira, 25, proposta de 5,5% de reajuste para salários e vales, o que nem chega perto de repor a inflação de 9,88%, e representaria perdas de 4% para os bancários. A proposta prevê, ainda, abono de R$ 2.500.

O Comando Nacional dos Bancários se reuniu após a mesa de negociação para debater a proposta e o calendário de luta da categoria.

Confira mais detalhes aqui.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT e Seeb SP

 

Compartilhe: