O Sindicato iniciou, no dia 17 de dezembro o pagamento do valor incontroverso da ação coletiva movida contra o Banco do Brasil em razão de supressão unilateral e não negociada de vale-transporte a funcionários que recebiam o benefício e residiam em município diferente do local de trabalho. O pagamento do benefício aos funcionários listados na ação deixou de ser efetuado em setembro de 2005 e a ação foi ajuizada em fevereiro de 2006.

 

 
Vinte e cinco bancários foram contemplados no processo nº 706-2006-139-03-00-6, que foi distribuído à 39ª Vara do Trabalho do TRT da 3ª Região. A indenização individual varia de acordo com o caso específico de cada um dos funcionários representados pelo Sindicato na ação.
 
O funcionário do banco e diretor do Sindicato, Helberth Ávila, afirmou que esta foi mais uma vitória da categoria bancária contra os desmandos do BB. “É preciso ressaltar esta importante vitória dos funcionários frente ao banco que insiste em não reconhecer direitos legítimos dos trabalhadores e também em desconsiderar a força representativa dos sindicatos”,frisou. 
 
“Esta é mais uma vitória para bancárias e bancários que tiveram seus direitos lesados e puderam contar com a assistência jurídica do Sindicato para que os prejuízos causados fossem ressarcidos”, enfatizou a também diretora do Sindicato, Luciana Bagno. 
 
O Sindicato está entrando em contato com os beneficiários da ação para que compareçam à entidade para receberem os valores que têm direito. Além disso, continua discutindo os valores definitivos da indenização na Justiça do Trabalho, sendo possível que haja, em breve, complemento dos valores a serem pagos.

Compartilhe: