diamobilizacaobb1_25nov

Cenop Rua Guarani, em Belo Horizonte.

Funcionárias e funcionários do BB de todo o Brasil realizam, nesta sexta-feira, 25, um Dia Nacional de Mobilização para mostrar sua indignação diante das medidas anunciadas pelo banco. Os trabalhadores foram trabalhar de preto em protesto contra os cortes de empregos e agências anunciados no último fim de semana.

No domingo, 20 de novembro, o banco divulgou que reduzirá sua estrutura em todas as áreas, principalmente na rede de agências, onde 379 serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão fechadas. Além disso, foi anunciado um Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI) com público alvo de 18.000 funcionários.

Para os trabalhadores, um pacote de medidas tão agressivas deveria ter sido discutido com a sociedade e os funcionários, e não apenas informado pela imprensa. Os fechamentos de centros de serviços e agências trarão prejuízos para muitos bancários, que cobram respeito e a abertura de um canal de negociação com o Banco do Brasil.

“Funcionárias e funcionários demonstraram sua indignação com o plano de reestruturação anunciado pelo banco. É a ‘Black Friday’ do BB, com cortes de agências e de postos de trabalho em todo o Brasil”, afirmou o funcionário do banco e diretor da Fetrafi-MG/CUT, Rogério Tavares.

diamobilizacaobb2_25nov

Agência Governador Valadares, em Betim.

diamobilizacaobb3_25nov

Agência Governador Valadares, em Betim.

diamobilizacaobb4_25nov

Agência Governador Valadares, em Betim

 

Agência São João del Rei

Agência São João del Rei