Em resposta à reivindicação do movimento sindical, a direção do HSBC anunciou nesta terça-feira 25 o pagamento de um abono no valor de R$ 1.800,00 a todos os funcionários no Brasil, apesar de o lucro líquido no país ter recuado em 2013 em relação ao ano anterior. O valor será depositado na quinta-feira, 27.

Segundo matéria veiculada pelo site do jornal Valor Econômico, o resultado do HSBC no Brasil, antes de impostos (ou seja, lucro bruto), foi de US$ 351 milhões, uma queda de 68,7% comparado a 2012.

Preocupadas com o resultado negativo do HSBC já apresentado no terceiro trimestre de 2013, que poderia deixar os bancários sem PLR, e sabendo que a direção do banco encontrava-se reunida na matriz em Londres, as entidades sindicais apresentaram a reivindicação na quinta-feira, 20, em telefonema direto à capital inglesa.

O diretor do HSBC informou que levaria a reivindicação para a direção mundial do banco e daria resposta nesta segunda-feira, 24, depois que o banco anunciasse o balanço mundial. Mas a confirmação veio nesta terça.

A decisão de fazer o contato com a direção do banco na matriz londrina foi tomada durante reunião da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do HSBC, realizada na quinta-feira, 20 de fevereiro, na sede da Contraf-CUT, em São Paulo. O Sindicato foi representado na reunião pelo funcionário do HSBC e diretor, Geraldo Rodrigues.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: