Até as 20h06 desta quinta-feira, 10, continuava o impasse em relação à negociação entre a Fenaban e o Comando Nacional dos Bancários sobre os dias parados da greve.

A negociação iniciada na manhã desta quinta-feira, 10, foi travada porque a Fenaban quer descontar todos os dias de greve e o Comando não aceita e defende a anistia total.

A negociação, retomada neste 22º dia da greve, está sendo realizada no hotel Maksoud Plaza, em São Paulo.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: