Através da Campanha Nacional Unificada a categoria bancária vem conquistando, desde 2004,  aumento real de salário.  O Sindicato dos Bancários de BH e Região é articulado nacionalmente  e como terceiro maior sindicato de bancários do país  têm contribuído para que a  cada ano o salário do bancário evolua e contribua para que ele conquiste uma qualidade de vida melhor.
Essa tabela apresenta a trajetória de reajustes da categoria, desde 1996 até o ano atual. Os números demonstram que esta evolução depende da mobilização de toda a categoria e da ação de cada um para o fortalecimento do seu Sindicato.
Participe das campanhas salariais dos bancários. Faça valer os seus direitos. Junte-se a nós. Associe-se!

InflaçãoBancos PrivadosBanco do BrasilCaixa Econômica Federal
AnoINPC (IBGE)Reajuste %AbonoReajuste %AbonoReajuste%Abono
199614,28%10,80%45% do salárioZeroR$1.100,00 a R$1.600,00ZeroR$1.000,00
19974,30%5%-ZeroR$1.800,00 a R$3.000,00ZeroR$4.500,00
19983,59%1,20%R$700,00ZeroR$1.000,00 a R$2.000,001%R$1.000,00
19995,25%5,50%-Zero-ZeroR$2.500,00
20006,96%7,20%-1,70%R$2.500,00ZeroR$1.200,00
20017,31%5,50%R$1.100,002%R$1.000,00ZeroR$900,00
20029,16%7%R$1.200,005%R$1.200,005%R$1.200,00
200317,52%12,60%R$1.500,0012,60%R$1.500,0012,60%R$1.500,00
200416,64%8,5% a 12,77%R$700,008,5% a 12,77%R$1.100,008,5% a 12,77%R$1.000,00
20055,01%6%R$1.700,006%R$1.700,006%R$1.700,00
20062,85%3,50%-3,50%-3,50%-
20074,82%6%-6%-6%-
200837,15%8,15%10%-8,15%10%-8,15%10%-
20094,44%6%-6%-6%R$700,00
201044,29%7,50%4,29% ou R$393,75-7,50%4,29% ou R$393,75-7,50%4,29% ou R$393,75-
201157,43%9%--9%--9%--
201265,39%7,50%--7,50%--7,50%--
201376,18%8%--8%--8%--
201486,35%8,50%--8,50%--8,50%--
20159,88%10%10%10%
20169,57%8%R$3.500,008%R$3.500,008%R$3.500,00
201791,73%2,75%-2,75%-2,75%-
Notas
Notas:
(1)Para os bancos privados, em 2004, foi concedido mais R$30,00 para os salários de até R$1.500,00 (exceto os anuênios), ficando assim alguns salários reajustados em até 12,77%.
(2)Para os bancos privados, em 2004, foi conquistada uma cesta alimentação extra em vale-alimentação de R$700,00.
(3)Reajuste de 10% para quem recebe até R$2.500,00 e 8,15% para os demais benefícios previstos em convenção coletiva e para quem recebe acima de R$2.500,00.
(4)Reajuste de 7,5% para quem recebe até R$5.250,00 e 4,29% ou R$393,75 (o que for mais vantajoso para o bancário) para quem recebe acima de R$5.250,00. Reajuste de 16,33% nos pisos salariais.
(5)Reajuste de 12% nos pisos salariais.
(6)Reajuste de 8,5% nos pisos salariais.
(7)Reajuste de 8,5% nos pisos salariais.
(8)Reajuste de 9% nos pisos salariais.
(9) Campanha salarial com duração de 2 anos (2016/2018).