O Itaú alterou, a partir desta terça-feira, 24, o horário de atendimento de suas agências bancárias por todo o Brasil, por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19).

As agências terão atendimento prioritário das 9h às 10h ao público de risco listado pelo banco: aposentados, beneficiários INSS, idosos e gestantes. Das 10h às 14h o atendimento será feito em contingência para público geral. As orientações são válidas por prazo indeterminado, até o final da pandemia.

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Itaú destacou que, apesar de positiva, a medida tem problemas como a ausência de lactantes no grupo de risco. Os sindicatos também estão recebendo denúncias de funcionários que estão entrando mais cedo, mas não podem ir embora às 14h pois precisam terminar os procedimentos internos.

Demissões e Programa Agir

Depois da cobrança do Comando Nacional dos Bancários, o Itaú também comunicou, na tarde desta terça-feira, 24, que suspenderá as demissões durante a pandemia de coronavírus, a não ser no caso de justa causa ou desvio ético.

O banco informou que os trabalhadores que mantiverem a média dos últimos 3 meses no programa Agir, ou piso de no mínimo 1.000 pontos do segundo maior, não terão perdas neste momento. De acordo com o Itaú, está sendo montado um forte plano para redução da operação, de modo que mais bancários trabalhem de casa.

“Essa é uma vitória da atuação movimento sindical na defesa da saúde dos bancários. A suspensão das demissões traz maior tranquilidade ao trabalhador. O momento exige que a vida das pessoas seja priorizada e consideramos de extrema importância garantir tranquilidade e segurança aos trabalhadores neste difícil período”, enfatizou a presidenta do Contraf-CUT e uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, Juvandia Moreira.

“Nossa cobrança é para que as metas sejam totalmente suspensas enquanto durar a pandemia de coronavírus. Não faz sentido que as metas sejam cobradas como se não houvesse uma gravíssima crise a ser enfrentada no país e no mundo. Além disso, para preservar a saúde de clientes e bancários, reivindicamos que somente sejam realizados, nas agências, atendimentos considerados essenciais como compensação bancária, redes de cartões de crédito e débito, caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais”, acrescentou Juvandia.

Anteriormente, o Itaú já havia anunciado a antecipação do pagamento do 13° salário integralmente aos funcionários até o dia 27 de abril e o horário de atendimento diferenciado.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: