Foto: Alessandro Carvalho

 

Foi lançado, na noite desta sexta-feira, 25, na sede do Sindicato, o livro “Se é público, é para todos”. A obra, organizada pelo sociólogo Emir Sader, conta com quatro autores que abordam o conceito do que é público e a importância de empresas e bens públicos para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

A representante dos empregados da CAIXA no Conselho de Administração do banco e coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Rita Serrano, esteve presente no lançamento e falou sobre a luta em defesa do patrimônio do povo brasileiro. A bancária é autora de um dos capítulos da obra, que trata da história da CAIXA desde sua criação por Dom Pedro II até os dias atuais.

“Elaboramos o livro buscando mesclar autores da academia com pessoas que vivem, na prática, a situação de grandes empresas públicas brasileiras. A obra tem o objetivo de trazer subsídios para que possamos discutir com a população e mostrar a importância de preservarmos nossas empresas, nossos bens e serviços públicos”, afirmou Rita.

Segundo a bancária, tudo aquilo que é privado e mercantil pensa as pessoas apenas como consumidores. Já aquilo que é público pensa nas pessoas como cidadãs. Por isso, é importante fortalecer este patrimônio para garantir que o desenvolvimento econômico e social do Brasil traga também mais distribuição de renda, mais igualdade e mais justiça social.

 

 

Compartilhe: