caixapublica1_16set

Na mesma semana em que o governo golpista oficializou a venda da Lotex, a Loteria Instantânea da CAIXA, as Loterias CAIXA (que englobam vários outros tipos de jogos, como a Megasena, Lotofácil, Quina etc) comemoraram 54 anos. O aniversário, no último dia 15, foi acompanhado de um vídeo com balanço sobre o desempenho e a destinação destes recursos, expondo mais uma vez a importância do papel social de um banco público.

De acordo com a vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias, Deusdina Pereira, nos últimos cinco anos foram arrecadados mais de R$ 60 bilhões, e cerca de R$ 27 bilhões repassados aos beneficiários legais para investimentos em áreas sociais como seguridade, educação, esporte, segurança e cultura. Entre os programas abrangidos estão o FIES, Fundo Nacional de Cultura, Fundo Nacional de Saúde, Seguridade Social, Fundo Penitenciário Nacional e concursos especiais para APAE e Cruz Vermelha.

“É preciso ter em mente que nada disso existiria se a CAIXA fosse um banco privado, pois aí seu objetivo seria unicamente a lucratividade. Quando se fala em privatizar, abrir capital, é preciso saber claramente o prejuízo que isso causaria a todos os brasileiros”, aponta a coordenadora do comitê nacional em defesa das empresas públicas, Maria Rita Serrano, também representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da CAIXA.

Outros pontos destacados na comemoração dos 54 anos são a credibilidade e a lisura das operações das Loterias CAIXA, que possuem local específico para realização dos sorteios onde qualquer cidadão pode acompanhar o processo. “Juntos, crescemos a cada dia e alcançamos resultados inéditos, com um portfólio atrativo e repleto de histórias de sucesso”, afirmou a vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias.

A oficialização de privatização da Lotex foi anunciada pelo governo Temer na primeira reunião do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado para viabilizar concessões e privatizações. Embora intitulado “Crescer”, o programa poderá causar um retrocesso gigantesco para a sociedade brasileira, pois recursos dos trabalhadores, como o do FI-FGTS, irão para a mão de empresários dispostos a comprar patrimônio público, e mudanças nas regras do fundo também beneficiarão o setor privado.

Passado e presente

O primeiro concurso das Loterias da CAIXA foi sorteado em 15 de setembro de 1962. A extração nº 1 da Loteria Federal sorteou as milhares 5.349, 38.031, 26.492, 25.151 e 1.416, e pagou como prêmio principal Cr$ 15 milhões para um apostador do Estado da Guanabara. Já a próxima extração da Loteria Federal, neste sábado, 17 de setembro, trará estampa alusiva ao aniversário de 54 anos das Loterias CAIXA, com prêmio principal de R$ 350 mil.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas

Compartilhe: