A CAIXA lucrou R$1,488 bilhão no 1º trimestre de 2017, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). O número é devido ao crescimento da margem financeira operacional e à redução das despesas de captação no mercado.

Em contrapartida, mesmo com os altos números de rendimento, o banco finalizou o trimestre com o fechamento de 5.863 postos de trabalho, sendo que 3.850 foram fechados como resultado das adesões de trabalhadores ao Programa de Desligamento Voluntário Extraordinário (PDVE).

Mesmo com a redução de empregados, foram abertas mais sete agências no trimestre. O número de clientes aumentou em 2,7 milhões, chegando a 86,2 milhões nos últimos doze meses.

Para a Comissão Executiva dos Empregados (CEE/Caixa), os números rebatem o argumento de que o banco está quebrado. Os trabalhadores vêm denunciando que este discurso visa apenas enfraquecer o banco para justificar a abertura de capital ou sua privatização, como era feito na década de 1990 sob o governo FHC.

 

Veja aqui os destaques do DIEESE.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: