O movimento sindical bancário mineiro perdeu, na manhã desta quinta-feira, 14 de janeiro, o companheiro Messias Caetano Neto. Messias era diretor de Assuntos dos Aposentados do Sindicato e estava internado desde a segunda-feira, 11 de janeiro, quando sofreu um aneurisma.

O velório teve início às 8h desta sexta-feira, 15, no cemitério Parque da Colina, em Belo Horizonte. O sepultamento será realizado às 15h.

Nascido em 12 de julho de 1942 no município de Formiga, em Minas Gerais, iniciou sua vida profissional como vendedor de móveis e ingressou no Banco Hipotecário e Agrícola do Estado de MG como escriturário em 1963. Já no Bemge, após ser promovido diversas vezes, chegou ao cargo de chefe de gabinete do presidente do banco, função em que se aposentou em 1993.

No movimento sindical, Messias atuou fortemente em defesa dos interesses dos aposentados. Foi presidente da Associação Nacional dos Aposentados, Pensionistas, Funcionários e ex-Funcionários do Conglomerado Bemge (AJUBEMGE), membro do Conselho Deliberativo da Fundação Itaú Unibanco, do Conselho Deliberativo da BEMGEPREV e do Conselho Fiscal da Fundação Saúde Itaú. Messias era formado em Administração de Empresas pela UNA e fez pós-graduação em Economia na UFMG.

Relembrando o histórico de luta deste importante companheiro, o Sindicato dos Bancários de BH e Região se solidariza com os familiares e amigos de Messias Caetano neste momento de dor.

Companheiro Messias, presente!

Compartilhe: