Representantes dos bancários retomaram na tarde desta terça-feira, 18, com a Fenaban, a mesa temática de Saúde do Trabalhador em São Paulo. Ficou definida a elaboração de um calendário de negociações, que deverão começar em fevereiro e terminar em julho de 2015 e as datas serão acertadas em comum acordo entre as partes.

Serão retomadas as atividades do GT do Adoecimento e abordados prioritariamente os temas envolvendo a avaliação do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) e o Acordo de Cooperação Técnica em Reabilitação Profissional.

Também foi debatida, na mesa temática, a cláusula 44ª da CCT, que sofreu alteração na redação, e que trata do programa de retorno ao trabalho. Foi definido que a negociação da implementação da cláusula será feita através da comissão de representação dos empregados de cada banco que implantar o programa. CAIXA, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Santander e HSBC já se comprometeram a realizar o diálogo com os trabalhadores. A Fenaban também assumiu o compromisso de que qualquer desvio ou não implantação do programa será levado à negociação na mesa bipartite.

Combate ao assédio moral

Ficou definido também, durante a reunião, que a avaliação semestral do Programa de Prevenção de Conflitos no Ambiente de Trabalho, que inclui o instrumento de combate ao assédio moral e outras formas de violência nos bancos, será realizada no próximo dia 4 de dezembro.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: