Nesta quarta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, trabalhadoras de todo o país irão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência proposta pelo governo ilegítimo de Michel Temer. Com o lema “Aposentadoria fica, REFORMA sai”, as CUTistas, em parceria com movimentos sociais e populares, irão denunciar os prejuízos que as mulheres sofrerão se esta reforma for aprovada.

Em Belo Horizonte, será realizada uma oficina preparatória no dia 7 de março, terça-feira. Já no dia 8 de março, um grande Ato Unificado será realizado, com concentração na Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais a partir das 16h (mais detalhes abaixo).

O projeto de Temer para a reforma da Previdência atende a dois grandes propósitos: prolongar ao máximo o acesso à aposentadoria e reduzir o valor do benefício. As mulheres serão as principais afetadas com a proposta que desvincula o salário mínimo do benefício, equipara a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres e aumenta o tempo mínimo de contribuição de 15 para 25 anos. Se quiser receber o benefício integral, a trabalhadora ou o trabalhador terão que contribuir durante 49 anos pelo teto do INSS.

A desigualdade de gênero na sociedade e no mundo do trabalho impacta diretamente na aposentadoria, mas foi ignorada quando as novas regras foram pensadas. As mulheres têm salários menores, trabalham mais e não têm oportunidades de promoção iguais às dos homens. Além disso, estão nos empregos mais precários e ainda são elas, na grande maioria das vezes, as responsáveis pelos cuidados com a família e as tarefas domésticas.

Além do desmonte da Previdência, outras ameaças prejudicarão especialmente as mulheres, como os projetos da reforma trabalhista e a da terceirização sem limites, prestes a serem votados e aprovados no Congresso Nacional.

Participe!

 

Mobilização das mulheres em Belo Horizonte

 

Dia 7 de março

Oficina e audiência pública preparatórias do Dia Internacional de Luta das mulheres
Horário: 8h
Local: Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Dia 8 de março

Concentração do Ato Unificado do Dia Internacional da Mulher
Horário: 16h
Local: Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

 

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com CUT Nacional

Compartilhe: