O Sindicato dos Bancários de BH e Região adere à campanha internacional do Outubro Rosa para reforçar a importância da prevenção no combate ao câncer de mama, que atinge tanto mulheres quanto homens. A campanha busca conscientizar a população sobre o papel fundamental da detecção precoce, sendo essencial a realização periódica de exames.

O movimento Outubro Rosa começou nos Estados Unidos e remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura realizada em Nova York em 1990. Posteriormente, após aprovação do Congresso Americano, outubro se tornou o mês nacional americano pela prevenção do câncer de mama.

No Brasil, a primeira iniciativa foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, no dia 2 de outubro de 2002.

Segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. A doença é grave e fez mais de 13 mil vítimas no Brasil somente no ano de 2011, de acordo com Ministério da Saúde. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa de novos casos em 2014 passa de 57 mil.

Quanto mais cedo o câncer é detectado, mais fácil é o tratamento e a recuperação. Se no momento do diagnóstico o tumor tiver menos de 1 centímetro (estágio inicial), as chances de cura chegam a 95%. Quanto maior o tumor, menor a probabilidade de vencer o câncer.

A presidenta do Sindicato, Eliana Brasil, ressalta a necessidade da realização periódica dos exames. “Reforçando o papel social de nossa entidade, relembramos, neste Outubro Rosa, o papel fundamental da prevenção no combate ao câncer de mama. Todas e todos devem estar atentos e cuidar da saúde, pois o diagnóstico precoce é fundamental na luta contra a doença”, afirmou.

Compartilhe: