Unidade e mobilização. Estas foram as palavras de ordem destacadas pelos participantes da Conferência Nacional dos Bancários durante a abertura oficial do evento na noite desta sexta-feira, 31. Em seus discursos, os trabalhadores chamaram todos para a luta contra o retrocesso e por mais avanços e direitos diante dos desafios políticos e econômicos.

A mesa de abertura foi realizada no hotel Holiday Inn Parque Anhembi, em São Paulo, onde o evento continua até o domingo, 2 de agosto. Na composição da mesa estavam os membros do Comando Nacional, entre eles a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil, a presidenta da Fetrafi-MG, Magaly Fagundes, e o presidente da Contraf-CUT, Roberto Von der Osten. O presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas, que é bancário, também esteve presente.

Em todas as falas, foi ressaltada a importância do enfrentamento aos ataques sofridos pelos representantes dos trabalhadores e pelos setores progressistas da sociedade. Os participantes lembraram que a Campanha Nacional 2015 da categoria bancária será dura e reforçaram a unidade como a única forma de vencer a intransigência dos banqueiros e das direções dos bancos públicos.

A 17ª Conferência Nacional dos Bancários prossegue neste sábado, 1º de agosto, com a apresentação da Consulta Nacional, realizada pelos sindicatos em suas bases, e as discussões dos grupos temáticos, que debaterão as propostas para a pauta de reivindicações da Campanha Nacional 2015. Já no domingo, 2 de agosto, a pauta de reivindicações será definida e será apresentada a mídia unificada da Campanha, construída pelas entidades representativas de todo o Brasil.

Compartilhe: