Ato contra falta de segurança foi realizado no final de 2014

Após pressão e mobilização dos trabalhadores, o Itaú instalou porta giratória de segurança e biombos entre os caixas e as filas de espera na agência do município de Matozinhos (MG). No final de 2014, o Sindicato esteve no local e paralisou as atividades da unidade de trabalho para protestar contra a falta de segurança, que colocava em risco funcionários, clientes e usuários da agência.

Na ocasião, os diretores do Sindicato deixaram claro que não há qualquer justificativa para a irresponsabilidade do banco diante dos grandes lucros obtidos. De acordo com o último balanço divulgado pelo Itaú, apenas nos nove primeiros meses de 2014 o lucro chegou a R$ 14,95 bilhões, com crescimento de 34,1% em relação ao mesmo período de 2013.

O funcionário do Itaú e diretor do Sindicato, Ramon Peres, destacou que a mobilização é essencial para pressionar o banco e combater os abusos. “Esta conquista é fruto da luta de funcionárias e funcionários e nossa organização é essencial para que possamos garantir melhores condições de trabalho e segurança nas agências. O Sindicato continua atento e as denúncias são essenciais para que possamos agir imediatamente e cobrar providências do banco”, afirmou.


Equipamentos de segurança foram instalados após pressão dos trabalhadores

 

Compartilhe: