O HSBC realizou, no dia 6 de dezembro, em São Paulo, uma apresentação para os integrantes da Comissão de Organização dos Empregados (COE) sobre as linhas gerais do novo programa de remuneração variável para a área de vendas, cobrança e empresas do banco inglês. Ficou definido que haverá uma rodada de negociação entre os dias 16 e 20 de dezembro, onde será feito um debate sobre a apresentação.

Na mesma reunião serão discutidos os itens da minuta que foi enviada à Contraf-CUT para a formalização de um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), que será aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), com os direitos específicos já conquistados pelos bancários do HSBC.

Em agosto, os trabalhadores conseguiram que o HSBC aceitasse que conquistas como plano de saúde e odontológico, direito a folgas por tempo de casa e no dia do aniversário, adiantamento salarial, no caso das férias em até cinco parcelas, e bolsa educacional, entre outras, façam parte de um ACT que agora precisa ser formalizado.

Também será discutida a implementação da Comissão Paritária de Saúde, em razão do aumento do número de casos de adoecimento e dos vários problemas relacionados às rotinas na emissão da Comunicação de Acidente do Trabalho (CAT), no afastamento e no retorno ao trabalho, entre outros temas.

Seminário sobre o futuro do banco será realizado em 2014

Reunida na quinta-feira, 5 de dezembro, a COE do HSBC decidiu, entre outros temas, que, diante de uma série de iniciativas em curso que apontam para uma redefinição do HSBC no Brasil, será realizado um seminário na primeira semana de março de 2014 sobre a atuação do banco nos últimos 15 anos no país e as perspectivas futuras.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: