Representantes dos bancários que eram do HSBC, hoje do Bradesco, se reuniram, no dia 12 de julho, para debater sobre os rumos da Associação Brasil (AB). O Sindicato participou da reunião, representado pelo diretor Geraldo Rodrigues.

Entre as questões tratadas, esteve a campanha de novos sócios, que está permitindo que bancários de todos os bancos se associem à AB com mensalidade promocional de R$ 49 nos primeiros seis meses. Os representantes dos funcionários avaliam a campanha como positiva, pois permitirá que a Associação aumente sua arrecadação e se torne autossustentável.

O incentivo vale até o final de 2017 e a diretoria da AB irá avaliar as condições de associação após o encerramento deste prazo.

Durante a reunião, foi indicado também que a comissão proposta para a restruturação administrativa e melhor avaliação da necessidade de possível alienação de bens seria composta pelos atuais oito membros da diretoria da AB.

Já em relação à reforma estatutária, deverá ser feito um estudo jurídico em comum para verificação de possibilidade e viabilidade. Em especial, no que diz respeito à destinação do patrimônio em caso de dissolução. Por isso, os representantes dos bancários defenderam a criação de uma comissão que será responsável pela elaboração do estudo, contando com um advogado para assessoria jurídica.

Na reunião, também foram apresentados relatórios e estudos relacionados às cobranças de mensalidades, receitas e despesas, assim como pareceres jurídicos sobre a atual situação da Associação Brasil. As informações foram disponibilizadas pela administração da AB após pedido dos representantes dos associados. O trabalho também conta com o detalhamento das receitas e despesas de cada clube, além de um inventário patrimonial resumido.

Além disso, os participantes da reunião explicaram que foram coletadas 1.200 assinaturas das 1.800 que são necessárias para a convocação de uma assembleia, conforme o estatuto da AB. Os representantes dos associados avaliaram que o período nacional turbulento foi um dos motivos de o número necessário ainda não ter sido atingido. A coleta de assinaturas prossegue e uma nova avaliação será realizada em relação ao encaminhamento da questão.

Uma reunião do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal da AB está agendada para o dia 20 deste mês. Na pauta, estará a discussão sobre a convocação de Assembleia Geral Extraordinária para tratar de alguns assuntos, com destaque para a necessidade de alienação de bens para soluções mais emergenciais em relação à saúde financeira da Associação. A possibilidade de alienação de áreas ociosas de clubes maiores ou de clubes que já não estão em funcionamento já está em estudo.

A reunião permitirá também que sejam avaliadas com clareza as intenções da diretoria para que se possa avançar em um processo de reestruturação da AB com transparência, diálogo, participação e respeito aos associados.

Compartilhe: