O Sindicato participou de reunião realizada nesta sexta-feira, 15, em São Paulo, com representantes do Itaú e da Fundação Itaú Banco sobre o Plano 002 da Fundação. O funcionário do Itaú e diretor do Sindicato, Cléber Wolbert, e o diretor de Aposentados do Sindicato, Messias Caetano, estiveram presentes.

No inicio da reunião, a Fundação apresentou os resultados de estudo realizado por uma consultoria externa contratada para apresentar uma possibilidade de novo plano de custeio. O novo sistema prevê alterações nas premissas que compõem o cálculo atuarial de custeio do plano. Foram alterados conceitos como a tábua de mortalidade, família padrão e taxa de juros.

O estudo prevê que as contribuições sofrerão alterações a partir de março de 2013, mas não chegarão ao patamar de 100% da tabela de custeio atual. A nova tabela será apresentada ao conselho deliberativo da Fundação e, até meados de março, será marcada nova reunião com os representantes do plano para a definição dos valores.

É importante ressaltar que os novos valores a ser cobrados não se tratam de descontos, mas sim de um novo valor integral que será reduzido em função das novas formas de cálculo, através de uma nova tabela de custeio.

A revisão da situação atuarial do plano foi um compromisso que a Fundação assumiu com o Sindicato em setembro de 2012. Na oportunidade, a direção da instituição acatou o que o Sindicato havia reivindicado, retornando as contribuições ao patamar de 10% do valor integral até que se realizassem os estudos necessários para uma avaliação mais consistente do plano.

Estavam presentes também na reunião os representantes do banco, Arnaldo Serighelli, superintendente de Previdência Complementar, Reginaldo Camilo, superintendente de Finanças, Marco Aurélio, superintendente de Relações Sindicais e o gerente regional da Fundação Itaú Banco, Carlos Ramiro.

Compartilhe: