Após cobranças da categoria, o Santander anunciou uma série de medidas ante à pandemia do coronavírus a serem tomadas a partir desta terça-feira, 24. Entre elas, estão férias coletivas, licença remunerada para grupos de risco que não poderão trabalhar de casa, antecipação de 100% do 13º salário para o dia 30 de abril e aumento de 10% no limite do cartão de crédito para todos os bancários.

Algumas agências também serão fechadas por tempo indeterminado, mas não há unidades de Minas Gerais na lista divulgada pelo banco.

Além disso, nas concentrações, está sendo adotado, na medida do possível, o trabalho em home office e ainda o espaçamento de 1 metro para os trabalhadores que permanecem atuando no local de trabalho.

Medidas já adotadas pelo Santander

Casos suspeitos

A orientação é de afastamento imediato por sete dias e acompanhamento dos sintomas. Os trabalhadores nessas condições devem ligar para a Central de Emergências do Santander (0800 723 44 72) e notificar o gestor e o banco para acompanhamento. O mesmo telefone serve para orientações médicas. Atenção: esse grupo só deve procurar o serviço médico em caso de falta de ar, em razão da escassez de kits para testes do coronavírus no país.

Casos confirmados

O trabalhador deve notificar o banco pela Central de Emergências e o gestor, por e-mail. Nesses casos, o afastamento deve ocorrer por 14 dias. Além disso, a agência onde o trabalhador está lotado deve ser higienizada. E todos que tiveram contato com ele devem se afastar do trabalho por 7 dias e seguir os procedimentos já informados pelo banco.

Grupos de risco

A orientação é procurar um médico e encaminhar atestado ao RH do banco e ao gestor. Na ausência do atestado, esse grupo de trabalhadores poderá fazer uma declaração de próprio punho com os medicamentos dos quais faz uso e informar qual o seu grupo de risco. Os bancários, nesse caso, devem trabalhar de casa ou aderir às férias coletivas, dependendo do quadro e da orientação do RH do banco.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Seeb-SP

 

Compartilhe: