O Santander está recebendo inscrições até o dia 3 de fevereiro para o Programa de Bolsas de Graduação de 2012. A iniciativa é destinada aos funcionários que estão cursando ou desejam iniciar a primeira graduação de nível superior. O auxílio-educação é de 50% do valor da mensalidade, limitado a R$ 410 por mês.
O direito está previsto no acordo aditivo do Santander à convenção coletiva, assinado no dia 16 de dezembro2011 entre a Contraf-CUT, federações e sindicatos com a direção do banco espanhol, em São Paulo.
Os bancários conquistaram em 2011 o aumento do total de bolsas, passando de 2.000 para 2.300, com a aplicação do reajuste salarial no valor da mensalidade.

Quem pode participar

Para participar do programa, o funcionário deve ter no mínimo quatro meses de vínculo empregatício, não ter graduação completa ou formação tradicional em nível superior e escolher um dos cursos nas áreas de exatas e humanas, com duração mínima de dois anos, reconhecidos pelo MEC – Ministério da Educação.
Caso haja mais inscritos do que bolsas disponíveis, serão aplicados os critérios de desempate, como menor salário, maior tempo de casa e maior número de filhos.

Como se inscrever

As inscrições podem ser feitas pela intranet do banco, no seguinte caminho:
Intranet > As Pessoas > Autoatendimento > Benefícios > Solicitar Reembolso > Bolsa de Graduação > Solicitar Bolsa.
Após o final do prazo de inscrições, o funcionário receberá entre os dias 7 e 10 de fevereiro o retorno do seu pedido pelo endereço eletrônico rhpoliticasedu@santander.com.br.

Para saber mais sobre o Programa de Bolsas de Graduação, o funcionário deve acessar:
Você e a Organização > Seu Desenvolvimento > Educação > Graduação Universitária.

 

Compartilhe: