Foto: Arquivo Sindicato

A segunda mesa da 15ª Conferência Estadual teve como tema a transversalidade de gênero, analisando a questão da discriminação e da opressão sofridas pelas mulheres no ambiente doméstico e no mercado de trabalho. O tema foi apresentado pela doutora em Direito Político e Econômico e professora universitária, Paula Loureiro da Cruz.

A palestrante falou sobre os desafios que envolvem as questões de gênero e as possibilidades de transformação social em busca da igualdade dentro das entidades sindicais.

A diretora do Sindicato, Eliana Brasil, coordenou a mesa temática.

Ainda neste sábado, 29, serão realizadas mais três mesas: Mobilização e Estratégia, com o presidente do Sindicato, Cardoso, e a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Juvândia Moreira, e duas mesas sobre conjuntura, uma com a socióloga e técnica do Dieese na subseção da Contraf-CUT, Bárbara Vazquez, e outra com Alysson Marcaro, que é jurista, filósofo do Direito e leciona nas faculdades de Direito da USP e da Mackenzie, em São Paulo.

Compartilhe: