O Sindicato vem negociando insistentemente com a Fundação Itaú Unibanco,  desde abril de 2012, quando ocorreu a elevação dos valores das contribuições do Plano 002 (Fasbemge), alternativas para a volta dos valores antes praticados. Neste mês de junho, o Sindicato obteve nova vitória e a Fundação se comprometeu a devolver valores pagos a maior pelos participantes entre abril e agosto do ano passado.

Em 2012, a Fundação Itaú Unibanco decidiu, de forma unilateral, pela volta das contribuições do Plano ao patamar de 100%, retirando o desconto de 90% vigente até então. Isto inviabilizaria a permanência de vários participantes, ativos, assistidos e principalmente dos autopatrocinados, que pagam inclusive a parte do banco, devido aos altos valores que seriam cobrados.

Desde a primeira reunião, os representantes da Fundação e do banco ficaram de apresentar ao Sindicato uma proposta que amenizasse o problema, levando em conta que as expectativas do mercado naquele momento eram incertas e deveria haver cautela para não causar impactos negativos ao plano.

Após quatro reuniões, realizadas em fevereiro, abril, maio e junho de 2012 com os representantes do Sindicato cobrando uma solução definitiva para o problema, finalmente os representantes do Itaú e da Fundação reconheceram os prejuízos causados pela retirada do desconto de 90% nas contribuições e admitiram a retomada do desconto sob acompanhamento de uma consultoria externa e independente para, assim, concretizar um novo modelo de custeio para o plano.

Os representantes dos participantes reivindicaram também a volta daqueles que saíram do plano devido aos altos valores cobrados e também a devolução do valor pago a mais referente aos meses de abril a agosto de 2012.

Na ultima reunião, ocorrida em fevereiro de 2013, a Fundação apresentou ao Sindicato um estudo feito pela consultoria e o atuário independente propondo a permanência do desconto de 60% nas contribuições. Além disso, um novo estudo deve ser realizado, no final deste ano, para verificar a viabilidade de concessão de um desconto ainda maior, representando, portanto, uma importante vitória para os participantes.

O Sindicato obteve mais uma vitória, neste mês de junho, para os participantes ativos, assistidos e autopatrocinados, com a Fundação Itaú Unibanco se comprometendo a devolver os valores pagos a maior referentes aos meses de abril a agosto de 2012. O Sindicato cobrou que a devolução seja feita em julho de 2013 e a Fundação informou ainda que várias pessoas que saíram do plano foram contatadas e retornaram para o Plano Fasbemge, conforme a reivindicação do Sindicato.

Para o diretor do Sindicato e funcionário do Itaú (ex-Bemgeário), Antônio Guimarães (Magaiver), que participa do Plano 002 Fasbemge, o Sindicato consolidou a vitória a favor dos ex-bemgeários através de várias negociações que possibilitaram a continuação dos descontos nas contribuições e a devolução das diferenças. “O Sindicato conseguiu negociar um valor que possibilita a permanência dos participantes dentro da realidade do mercado. No final de 2013, o Sindicato voltará a cobrar outra revisão dos valores para obtermos um desconto ainda maior”, ressaltou.

Já o diretor do Sindicato e funcionário aposentado do Itaú, Messias Caetano, ex-bemgeário, que também participa no Plano 002 da Fasbemge como assistido, afirma que esta vitória foi muito importante. “Para nós assistidos, o desconto foi ainda mais importante, já que o funcionário, quando aposenta, tem sua renda média reduzida e, com isto, a contribuição maior impactaria ainda mais o resultado final de seus vencimentos”, afirmou.

Compartilhe: