O Sindicato dos Bancários de BH e Região protocolou nesta terça-feira, 22 de novembro, ofício cobrando informações do Mercantil do Brasil sobre o pagamento de valores relativos à campanha especial de premiação dos escriturários de agências.

O programa foi instituído, em abril de 2016, após pressão do Sindicato, como forma de reconhecimento financeiro dos escriturários pelo empenho e dedicação para o cumprimento das metas impostas pelo banco. Porém, até a presente data, o banco não se manifestou sobre os pagamentos de sua contrapartida, deixando apreensivos os trabalhadores que fazem parte do programa.

Em resposta aos trabalhadores, o banco informou que os pagamentos devem ser realizados em dezembro deste ano ou em janeiro de 2017, assim que forem apurados todos os valores. Informaram, ainda, que irão se pronunciar oficialmente através de comunicado interno direcionado aos trabalhadores informando a data exata do crédito.

O funcionário do Mercantil e diretor do Sindicato, Marco Aurélio Alves, explicou que as denúncias dos trabalhadores são essenciais para exigir do Mercantil a valorização de todos os funcionários. “Os escriturários de agências se destacaram, cumprindo as metas acordadas no programa. Nada mais justo que o banco apressar o pagamento dos valores para trazer mais tranquilidade para estes trabalhadores”, afirmou.

Já para Vanderci Antônio da Silva, também funcionário do Mercantil e diretor do Sindicato, todos devem continuar atentos e denunciar outras possíveis irregularidades do banco. “Somente através das denúncias e da posição firme do Sindicato e dos trabalhadores é que iremos avançar nas conquistas junto ao Mercantil. Exigimos que o banco cumpra sua parte no acordo e premie o esforço e dedicação dos escriturários de agências ”, ressaltou.

Compartilhe: