O Sindicato dos Bancários de BH e Região realizou um ato nesta quarta-feira, 2 de março, Dia Nacional de Luta, para exigir que a CAIXA respeite as negociações e acordos, retome as contratações e tenha mais transparência na gestão. A mobilização é realizada em todo o Brasil e, em Belo Horizonte, ocorreu durante a manhã em frente à agência Tupinambás, no Centro.

A atual direção do banco tem se fechado para o diálogo com os trabalhadores e as entidades representativas. Na última reunião da mesa permanente, no dia 28 de janeiro, representantes do banco confirmaram a disposição da CAIXA em descumprir as cláusulas previstas nos dois últimos ACTs. São os casos das contratações, da destinação do superávit do Saúde Caixa e do retorno do Adiantamento Assistencial Odontológico. Já quanto à transparência, um exemplo é a falta de clareza sobre o processo de reestruturação das GIRETs e demais unidades da CAIXA.

atocaixa2_2mar

Em relação ao número de empregados, o banco descumpriu a cláusula 50 do acordo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2014, que determinava a contratação de mais 2 mil trabalhadores até o final de 2015. Na época do acordo, a CAIXA contava com 101 mil empregados e a intenção era que este número chegasse a 103 mil. Porém, com o Plano de Apoio à Aposentadoria implantado em 2015, a quantidade de trabalhadores chegou a 97 mil.

Trabalhadoras e trabalhadores têm reforçado a mobilização também nas redes sociais, utilizando as hashtags #CaixaRespeiteoEmpregado #CaixaCumpraosAcordos e #CaixaSejaTransparente para cobrar o fim do descaso do banco.

“Nossa luta por mais contratações e para que o banco cumpra os acordos é permanente. A CAIXA tem que fazer jus ao seu importante papel social e tratar com respeito seus empregados e empregadas. Durante o ato, reforçamos também a importância da luta contra o PLS 555, que ameaça a CAIXA com o fantasma da privatização e coloca em risco o patrimônio dos brasileiros. Seguimos atentos e mobilizados contra o descaso e qualquer retrocesso”, afirmou a presidenta do Sindicato, Eliana Brasil.

Compartilhe: