Em reunião realizada no dia 4 de junho, na sede da Fetrafi-MG/CUT, em Belo Horizonte, representantes da categoria debateram com o Bradesco sobre o seguro de saúde e odontológico dos funcionários. Os trabalhadores trataram dos problemas enfrentados pelos funcionários em Minas Gerais.

O Sindicato participou da mesa representado pelo diretor Carlos Augusto Vasconcelos (Mosca) e estiveram também presentes representantes da Fetrafi-MG/CUT e dos sindicatos do interior de Minas filiados à Federação. Já o Bradesco foi representado por funcionários da área de Relações Sindicais do RH e da área de Benefícios.

Na mesa, o representante de cada sindicato relatou os problemas relativos ao seguro de saúde e odontológico em suas bases. As questões foram discutidas com base na consulta realizada pelas entidades sindicais com os bancários nos meses de abril e maio desse ano.

O diretor do Sindicato, Carlos Augusto, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos funcionários em BH e região. Entre eles, estão principalmente deficiências na cobertura odontológica, dificuldades de acesso ao site de credenciamento e dificuldades de aprovação de internações e procedimentos.

Já o Bradesco falou sobre o seguro de saúde e odontológico e explicou que, apesar de a Bradesco Seguros fazer parte do mesmo grupo de empresas, o banco também é cliente da seguradora. Sendo assim, o Bradesco mantém uma relação comercial com a Bradesco Seguros no que diz respeito às questões de saúde e odontológicas dos funcionários e irá encaminhar as demandas para que melhorias sejam feitas.

Ainda segundo os representantes do banco, há melhor atendimento e satisfação nas grandes cidades do Brasil com o seguro saúde. Porém, ainda há grande deficiência e insatisfação em relação à cobertura odontológica.

Ao final da mesa, os participantes se comprometeram a realizar outras reuniões neste modelo em todo o Brasil e a elaborar um relatório sobre as principais deficiências e reivindicações do funcionalismo. O documento será entregue ao Bradesco, que o remeterá à Bradesco Seguros. Por fim, foi proposta a realização de uma nova reunião com a seguradora para buscar a solução dos problemas relatados.

 

 

Compartilhe: