O Sindicato, juntamente com a Contraf-CUT e  federações, retoma nesta terça-feira, 6 de novembro, às 15h, o processo de negociação permanente com a direção do Itaú, em São Paulo. A entidade será representada na reunião pelo diretor Kennedy Santos.

Estará em discussão a questão do emprego e o projeto de ampliação do horário de atendimento ao público em várias agências que o banco vem implantando em todo o país.

Mais empregos


Durante as negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2012, a Fenaban disse que o emprego deveria ser discutido banco a banco. Na ocasião, uma carta foi enviada pela Contraf-CUT para a direção do Itaú, mas ao contrário da Caixa Econômica Federal que concordou em inserir uma cláusula no acordo aditivo garantindo a criação de 7 mil vagas até o final de 2013, o banco não deu nenhuma resposta até o momento.

O Itaú obteve lucro líquido de R$ 10,102 bilhões nos nove primeiros meses deste ano. Se não fossem as altas e injustificáveis provisões para devedores duvidosos, o resultado seria ainda maior.

Apesar desse resultado bilionário, o banco cortou 7.831 postos de trabalho até setembro deste ano. No trimestre, o número de trabalhadores recuou de 92.517 para 90.427, uma redução de 2.090 em três meses. Desta forma, o banco aprofundou ainda mais o processo de fechamento de empregos iniciado em abril do ano passado, totalizando desde então a extinção de 13.595 vagas, conforme análise feita pelo Dieese.

 

Ampliação do horário


Em reunião com o Itaú no dia 13 de setembro, os representantes dos funcionários criticaram duramente a forma unilateral e sem transparência com que o banco está implantando o projeto.

Os dirigentes sindicais apontaram os inúmeros prejuízos que o programa está trazendo aos bancários no país todo.

Os representantes do Itaú informaram que 167 agências (66 em shoppings e 101 em corredores) já estenderam o horário. Nos shoppings, o horário passou das 12h às 20h. Nos corredores, as agências têm agora dois horários diferentes: algumas das 9h às 16h, outras das 12h às 19h. A medida está em vigor desde o dia 27 de agosto e o objetivo do banco é chegar a 1.500 agências com horários ampliados em todo o país.

 

Fonte: SEEB-BH com Contraf-CUT

Compartilhe: