O Sindicato disponibilizará ônibus para que bancárias e bancários de sua base possam ir a Brasília para protestar contra a reforma trabalhista (PL 6787/16) no dia 19 de abril, data prevista para a votação na Câmara. O ônibus sairá da porta do Sindicato, no dia 18 de abril, após o encerramento da Assembleia que discutirá a Greve Geral.

A reforma trabalhista do governo Temer pretende colocar os acordos firmados com os patrões acima das leis trabalhistas, permitindo a retirada de direitos dos trabalhadores. No dia 5 de abril, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em mais uma manobra golpista, anunciou a intenção de aprovar o projeto em duas semanas.

Um dos absurdos é que o projeto, com tamanho impacto de destruição de direitos, tramita em caráter terminativo. Ou seja: se for aprovado na Comissão Especial, pode seguir diretamente para o Senado, sem passar pelo plenário da Câmara. Daí a importância da mobilização de todos.

Os interessados em ir a Brasília devem entrar em contato com a Secretaria Geral do Sindicato pelo telefone (31) 3279-7813 até as 18h do dia 17 de abril, segunda-feira.

Não à reforma trabalhista!

Compartilhe: