O Sindicato iniciou, nos primeiros dias de julho, o pagamento dos valores de duas ações coletivas que beneficiam bancárias e bancários do Bemge e do Banco do Progresso.

No caso dos trabalhadores do Bemge, 241 filiados ao Sindicato receberão valores parciais de diferenças de participação nos lucros pela exclusão da gratificação semestral da base de cálculo da PLR entre os anos de 2000 e 2005. O Sindicato destaca que os valores liberados pela Justiça dizem respeito ao cálculo formulado pelo Itaú no processo e não correspondem ao que é efetivamente devido pelo banco. A Justiça do Trabalho já determinou a elaboração de um laudo pericial que contemple todos os bancários prejudicados.

No caso do Banco do Progresso, os valores se referem a diferenças de verbas rescisórias e de FGTS que não foram pagas pelo banco quando de sua intervenção e posterior liquidação.

Os favorecidos das ações devem comparecer ao Sindicato das 14 às 17h. Para receber os valores relacionados ao Bemge, deve-se apresentar Carteira de Trabalho, matrícula funcional, identidade e CPF. Já para valores da ação do Banco do Progresso, deve-se apresentar Carteira de Trabalho, identidade e CPF.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3279-7800.

Compartilhe: