O Sindicato dos Bancários de BH e Região tem lutado na Justiça para garantir o pagamento das diferenças decorrentes da incorporação da gratificação semestral na base de cálculo da PLR dos anos de 2000 a 2005 para ex-Bemgeários. A decisão que deu ganho de causa aos bancários já transitou em julgado, estando o processo atualmente em fase de execução.

No final do ano passado, o juiz que preside o processo homologou o laudo pericial que contempla o crédito para 241 bancários. O Sindicato contestou a decisão, reclamando que a sentença deve beneficiar mais de 2 mil filiados. A entidade questionou, também, aspectos do laudo que foram prejudiciais aos 241 trabalhadores cujos cálculos já foram concluídos.

O processo encontra-se para a apreciação da juíza Luciana de Carvalho Rodrigues desde o dia 12 de fevereiro de 2014.

Compartilhe: