O Sindicato, juntamente com a Contraf-CUT e federações, retoma nesta quinta-feira, 17, o processo de negociação permanente com o Itaú, em São Paulo, buscando o atendimento das reivindicações específicas dos trabalhadores do banco. Estará em discussão a Participação Complementar nos Resultados (PCR) de 2013. O funcionário do Itaú e diretor do Sindicato, Kennedy Santos, representa o Sindicato na negociação.

O Itaú lucrou R$ 7,1 bilhões no primeiro semestre de 2013, fruto do empenho e dedicação dos funcionários do banco. Os representantes dos funcionários buscam ampliar a participação dos trabalhadores nos resultados do banco. Em 2012, o valor da PCR, que é paga de forma linear para todos os funcionários e sem compensação nos programas próprios de remuneração variável, foi de R$ 1.800.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: