Em recente comunicado do Programa Bem Estar divulgado para os gestores, o Itaú Unibanco oferece aos seus empregados em trabalho remoto, a possibilidade de retorno ao serviço presencial para aqueles cuja condição de saúde não é mais considerada de risco alto para a Covid-19 segundo as mais recentes abordagens clínicas.

A comunicação informa que o retorno será ‘voluntário’ e que este dependerá da apresentação de relatório médico ‘que especifique o quadro de saúde’.

O Sindicato pede às trabalhadoras e aos trabalhadores interessados que reflitam detidamente sobre essa opção, que só a exerçam se houver plena concordância de seu médico de confiança, e que a rejeitem se estiverem em dúvida ou em coabitação com pessoas do grupo de risco. O Sindicato adverte que não devem ser admitidas quaisquer modalidades de pressão ou sugestão do empregador para o exercício desta faculdade.

Aqueles que regressarem ao trabalho devem observar se o banco está respeitando as regras de prevenção à contaminação, especialmente as previstas na Portaria Interministerial nº 20 e as normas locais das autoridades sanitárias. Eventuais dúvidas ou inconformidades devem ser comunicadas ao Sindicato.

Os casos de contaminação também devem ser, imediatamente, informados ao Sindicato para investigação da possível relação de causalidade entre a doença e o trabalho.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: