Agência funcionava com fios expostos e sujeira da reforma

Nesta terça-feira, 10 de novembro, o Sindicato paralisou as atividades da agência do Santander localizada no centro da cidade de Conselheiro Lafaiete por falta de condições de trabalho. A unidade passa por reforma e, além da fiação exposta em todos os ambientes, o banco vinha obrigando os funcionários a lidarem com carpetes sujos e acúmulo de poeira.

O Sindicato, representado pelos diretores Giovanni Alexandrino e Wagner dos Santos, passou o dia na agência e irá manter a unidade fechada até que sejam solucionados os problemas.

“Estamos em permanente luta pela garantia de condições dignas de trabalho para bancárias e bancários. Este absurdo permitido pelo Santander coloca em risco não apenas funcionárias e funcionários, mas também clientes e usuários da unidade, que têm que conviver com a sujeira e outros problemas. Não aceitaremos este descaso”, afirmou Wagner dos Santos.


Funcionário do Santander e diretor do Sindicato Wagner dos Santos

Compartilhe: