O sindicato  participou nesta quinta-feira, 18 de dezembro, do Dia Nacional de Luta em defesa da Cassi, com distribuição do Espelho Especial e reuniões nos locais de trabalho do BB. As reuniões foram realizadas em agências e unidades de apoio, com bastante participação dos funcionários.

 

 
Nos últimos dias tem circulado notícias de que o BB apresentaria proposta de mudança no custeio da Cassi com aumento contribuição somente pelos funcionários. Os diretores e conselheiros eleitos informaram, no entanto, que não há nenhuma decisão formal tomada e a proposta orçamentária será discutida no Conselho Deliberativo ainda neste mês de dezembro. 

 


 
Para Luciana Bagno, diretora do Sindicato, os funcionários demonstraram muita preocupação com a situação da Cassi e também muita indignação, já que a maioria aponta o banco como principal responsável pelo adoecimento da categoria. “A cobrança exagerada de metas e a pressão por descomissionamento têm adoecido os bancários. Os funcionários afirmam que é inadmissível um aumento de contribuição para a Cassi sem nenhuma contrapartida do BB”, afirmou
 
“O Sindicato  continuará a fazer o debate sobre Cassi nos próximos dias, uma vez que o momento requer maior envolvimento dos funcionários com a nossa caixa de assistência, em defesa desse patrimônio dos funcionários do Banco do Brasil”, ressaltou Wagner Nascimento, diretor do Sindicato e Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB.

 

Compartilhe: