O Sindicato, representado pelo diretor Wagner Nascimento, participa nesta quarta-feira, 27, em Brasília, de mesa temática entre representantes dos funcionários e o banco público sobre Cassi e Previ para os incorporados. Esta é uma das conquistas da Campanha Nacional 2013 e os dirigentes sindicais cobram do banco informações sobre os diversos planos de saúde e previdência complementar de funcionários que eram vinculados aos bancos incorporados (BEP, BESC e Banco Nossa Caixa).

Atualmente, apesar de existir um só banco e um só regulamento interno que abriga o funcionalismo, milhares de bancários ainda têm menos direitos que seus colegas admitidos diretamente no BB. Com o acesso às informações, as entidades sindicais poderão abrir negociações efetivas com o Banco do Brasil para garantir a inclusão de todos os funcionários na Cassi e na Previ.

Mérito dos caixas

O BB informou à Contraf-CUT que havia trabalhado para fazer o acerto da pontuação e o pagamento àqueles que adquiriram mais uma letra de mérito em novembro. Segundo a direção do banco, houve problemas tecnológicos e, agora, o BB trabalha para que o acerto seja realizado em dezembro. Os acertos dos créditos devem ser desde setembro de 2013.

Qualquer dúvida sobre erro na pontuação ou no recebimento do direito ao Mérito deve ser repassada ao Sindicato para que seja solucionado o problema.

Acordo de CCV

O acordo de CCV para avaliar demandas de passivo trabalhista sobre jornada de cargos comissionados aos aderentes às funções de 6 horas do banco foi renovado com uma alteração importante. Ao sindicato que aderir, não será mais necessário interromper por 180 dias as ações coletivas que reivindiquem demandas de jornada de trabalho (estava previsto no acordo de CCV passado).

Estorno das faltas dos dias de luta contra o Plano de Funções

O banco efetuou o estorno das faltas (com o código 308) ocorridas no primeiro semestre devido à agenda de luta contra os efeitos negativos do novo Plano de Funções, implantado pelo BB em 28 de janeiro de 2013. Os gestores das unidades receberam instrução da direção do banco para mudar o comando das faltas até dia 8 de novembro para que os bancários recebessem o crédito do estorno na folha de novembro. O bancário que ainda estiver com o 308 e sem o crédito deve informar o Sindicato sobre a situação.

Crédito do estorno do 308 sobre a PLR do primeiro semestre

Os representantes dos funcionários já cobraram da direção do BB que seja feito o crédito referente ao estorno da(s) falta(s) dos dias de luta contra o Plano de Funções. Os bancários receberam sua PLR com o valor a menor por terem faltas 308 naquele semestre.

Créditos de VA, VR e dos estagiários foram pagos

O Banco do Brasil acertou, em novembro, os créditos referentes aos novos direitos dos funcionários em alimentação e refeição, inclusive os descontos indevidos feitos durante a greve. Também efetuou o pagamento do novo valor das bolsas de estágio retroativo a setembro de 2013. Qualquer problema que ainda persistir deve ser informado ao Sindicato.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

Compartilhe: