O Sindicato, representado pela diretora  de Saúde, Luciana Duarte Lopes,  participou, no dia 24 de março, do Seminário Desenvolvimento Socioeconômico e seus Reflexos na Saúde do(a) Trabalhador(a). O objetivo do seminário foi contribuir, a partir de estudos para a elaboração de propostas para a IV Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, em suas etapas macrorregional e estadual (Minas Gerais) em relação ao trabalho e seus reflexos para a saúde psíquica do(a) trabalhador(a).

Foram abordados temas como a IV Conferência de Saúde do Trabalhador, sua relevância e participação da psicologia, desenvolvimento socioeconômico atual e saúde psíquica, doenças relacionadas ao trabalho, como alcoolismo e outras drogas, assédio moral, gênero e adoecimento. a questão da mulher e acolhimento do trabalhador acidentado.

O evento foi realizado na Universidade Federal de Minas Gerais e abordou a preocupação com o crescente número de adoecimento mental dos trabalhadores  como também a crescente terceirização, que deixa os trabalhadores totalmente desprotegidos. O encontro apontou  para uma nova politica de saúde do trabalhador e da trabalhadora.

Para a diretora de Saúde do Sindicato,  Luciana Duarte, o  encontro foi muito importante para expor as experiências de cada sindicato sobre adoecimento no trabalho. “As conferências estaduais e nacionais dos bancários também realizam anualmente debates específicos sobre o tema saúde e muitas cláusulas hoje presentes no acordo coletivo, são fruto desta ação. O crescente número dos casos de adoecimento mental, LER/DORT, prática de assédio moral e terceirização é uma preocupação de toda classe trabalhadora”, acrescentou.

 

Compartilhe: