O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas lança, no dia 6 de junho, com ato na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, campanha em defesa das empresas e serviços públicos. O Sindicato participará do ato para reforçar a importância do fortalecimento destas empresas e serviços para o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

Com as frases “Defender as empresas públicas é defender o Brasil” e “Se é público é para todos”, a mídia da campanha já está disponível e vem sendo divulgada pela rede social. O lançamento oficial será marcado pela promoção de debates, palestras, workshops e atividades culturais.

O Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas surgiu na luta contra o Projeto de Lei do Senado (PLS) 555, que trazia ameaça às empresas estatais. Aprovado no Senado com avanços obtidos pela mobilização dos movimentos sindical e social, o projeto hoje está na Câmara dos Deputados como PL 4918, e mantém seu viés privatista, exigindo novas ações. A gestão organizativa do comitê reúne seis centrais sindicais e entidades apoiadoras.

No ato do dia 6, participam como patrocinadores/apoiadores as seguintes entidades: Fenae, FUP, CTB, CUT, Intersindical, Nova Central, Contraf-CUT, CNTE, sindicatos dos Bancários de Belo Horizonte, Bancários de São Paulo, Bancários do Rio de Janeiro, Bancários do ABC, Bancários do Espírito Santo e Apcef Rio.

Programação

Data: 6 de junho de 2016 – Segunda-feira

Local: Fundição Progresso – Lapa – Rio de Janeiro

13h – Reunião do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas (Espaço Armazém)

14h30 – Abertura do evento com a presença do presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, e representantes de entidades que integram o comitê nacional em defesa das empresas públicas.

15h – Início das palestras e do debate “O que é público para você”.

Presença de intelectuais, especialistas, políticos e lideranças dos movimentos social e sindical, tais como:

Marcia Tiburi – Filósofa e autora de livros como As Mulheres e a Filosofia)
Emir Sader – Cientista político e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Ricardo Lodi – Advogado e professor de direito tributário da UERJ
João Pedro Stédile – Economista e um dos fundadores do MST
Guilherme Estrella – Geólogo e ex-diretor da Petrobras
João Antônio de Moraes – Secretário de Relações Internacionais e Movimentos Sociais da FUP
Lindbergh Farias – Senador pelo PT-RJ
Jandira Feghali – Deputada federal pelo PCdoB-RJ
Roberto van der Osten – Presidente da Contraf-CUT
Maria Rita Serrano – Coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas.

19h  Ato público, político e cultural com a presença de lideranças dos movimentos social e sindical.

21h – Encerramento com show do grupo de samba Casuarina.

Para mais informações, acesse http://www.diganaoaopl4918.com.br/

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas

Compartilhe: