O Itaú informou em seu site – portal pessoas “destaques” – que as inscrições para concessão do Bolsa Auxílio Educação 2012 está disponível desde o dia 21 de junho com prazo de encerramento em 24 de julho para os bancários que desejarem se candidatar ao benefício.

São 4.000 bolsas, sendo 3.500 destinadas aos bancários do Itaú e outras 500 para empregados das empresas do grupo, válidas para a primeira graduação.
O benefício foi conquista dos bancários em 2007 com 1.400 bolsas, reembolso de 50% da mensalidade e teto de R$320,00.

 

Apesar de o banco estar repetindo os mesmos critérios de 2011, sem negociar com os bancários, como nos anos anteriores, mantendo o reembolso em 70% da mensalidade e teto de R$320,00 em 11 parcelas, retroativo ao mês de janeiro, o Sindicato vai exigir que o Itaú negocie novas condições para o benefício de 2012.São reivindicações do Sindicato a elevação do teto, que desde a conquista em 2007 está congelado e a ampliação do número de bolsas, além de outras propostas que apresentaremos.

Para o diretor do Sindicato e funcionário do Itaú, Paulo Henrique Faria, o Bolsa Auxílio Educação foi um dos primeiros pontos de pauta da minuta entregue pela COE-Itaú no dia 10 de fevereiro deste ano. “Na ocasião, o Itaú assumiu o compromisso de realizar reuniões quinzenais de negociações, mas não tem cumprido este compromisso e agora perto do encerramento do semestre, ignora as negociações e repete os mesmos critérios do ano passado para 2012. Exigimos que o Itaú amplie o número de bolsas e eleve o valor do teto. Afinal os lucros anuais permitem muito bem isso”, ressalta.

O Sindicato orienta todos os candidatos a acessar o portal no site do Itaú e cadastrar sua inscrição.

Compartilhe: