Trabalhadoras e trabalhadores de todo o Brasil têm se unido para defender seus direitos e lutar contra os retrocessos. A mobilização é fundamental para pressionar governo e patrões e garantir avanços. Diversas manifestações e eventos já estão agendados para 2015 em todo o país, envolvendo a CUT, outras centrais, diversas categorias e movimentos sociais.

Confira a agenda para os próximos meses:

28 de julho – Ato da CUT em frente à sede do Ministério da Fazenda em Brasília para protestar contra os rumos da economia no Brasil. No mesmo dia, ocorre a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), quando deve ser divulgada a taxa Selic, que teve suas recentes e constantes altas criticadas pela CUT.

31 de julho a 2 de agosto – Conferência Nacional dos Bancários. No evento, será definida a pauta de reivindicações da categoria para a Campanha Nacional 2015.

6 de agosto – Dia Nacional de Luta por mais contratações na CAIXA.

11 e 12 de agosto – Marcha das Margaridas em Brasília. Movimento de mulheres em defesa de políticas públicas voltadas a um modelo de desenvolvimento centrado na vida, no respeito à diversidade e contra a violência sexista.

20 de agosto – Ato da CUT com outras entidades e movimentos sociais em São Paulo. Em defesa da democracia e contra as tentativas de golpe no Brasil.

28 a 30 de agosto – 12º Congresso Estadual da CUT-MG.

13 a 16 de outubro – 12º Congresso Nacional da CUT.

Compartilhe: