A Contraf-CUT, por intermédio da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco, solicitou uma reunião com a direção do banco para esclarecimentos sobre o Prêmio de Desenvolvimento Extraordinário (PDE). Ele já está sendo implantado desde janeiro de 2019 e a regulamentação será concluída em março, segundo informação do banco.

Magaly Fagundes, presidenta da Fetrafi-MG/CUT e coordenadora da COE, destacou que é fundamental que a reunião ocorra ainda em fevereiro. “Consta na nossa pauta de reivindicação a remuneração própria e é importante sabermos se envolve todos os funcionários e quais os critérios serão usados”, afirmou.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região com Contraf-CUT

 

Compartilhe: